sábado, 7 de julho de 2018

PAI




Copa do Mundo.
Brasil em Campo.
Velado ao som de “Goooool!!!”
Enterrado com  vuvuzelas.
Brasil ganhou.
Te perdemos.
Vai Brasil!
Tchau pai.

A Copa continua.
Ele gostava de assistir aos jogos.
Às vezes passava mal, era muita emoção.
Tinha um coração debilitado pelas doenças, pelo tempo, pela vida, pelos pecados.

Sua ausência se faz presente.
Presença que pesa.

Fui ao mercado, tive vontade de comprar goiabada para você.
A seção de doces e sobremesas é o lugar que mais lembra você.
Gelatina, bolo, goiabada, marmelada, frutas em calda.
Algumas vezes levei guloseimas para te ver feliz.

O único devorador de doces na família.
Aí veio a dona Diabete, essa estraga prazeres!
E você foi proibido das suas delícias.
Assaltava a geladeira escondido.
Todos sabiam.
Só você achava que era escondido, dizia:
“Comer é o único prazer que tenho.”
Gerava compaixão, abriam-se exceções.
“Deixa ele comer, é só um pouco.”
“É só não abusar que está tudo bem.”

E víamos em seu rosto, o deleite.
Nos últimos tempos, o via sorrir somente quando comia suas guloseimas proibidas e quando via os filhos.
Seu sorriso ao me ver era a minha alegria.

sábado, 16 de junho de 2018

O Evangelho é feminista?



Volta e meia ouço que o Evangelho é feminista, reviro os olhos e “Ah, deixa pra lá”! Vida que segue.
Essa afirmação é uma daquelas que prefiro não discutir, mas recentemente alguns amigos me incentivaram escrever sobre o tema então: “Eis me aqui Senhor!”.
Não pretendo fazer um artigo acadêmico, porém é um projeto, apenas uma breve reflexão.
O feminismo como tantas outras ideologias humanistas contraia o Evangelho do Nosso Senhor Jesus Cristo.
O movimento feminista coloca a mulher como protagonista.
No Evangelho o protagonista da História é Jesus.
           Pois nele vivemos, e nos movemos, e existimos!  Atos 17: 28
O feminismo como outras ideologias nega a dependência do ser humano em relação ao Criador, prega a autossuficiência da mulher.
Porque eu, o Senhor, teu Deus, te tomo pela tua mão direita e te digo: não temas, que Eu te ajudo. Isaías 41:13
Confia no Senhor de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas. Provérbios 3:5-6
O coração do homem considera o seu caminho, mas o Senhor lhe dirige os passos. Provérbios 16:9
A minha carne e o meu coração desfalecem; mas Deus é a fortaleza do meu coração e a minha porção para sempre. Salmos 73:26
Elevo os olhos para os montes: de onde me virá o socorro? O meu socorro vem do Senhor, que fez o céu e a terra. Salmos 121:1-2
Dá vigor ao cansado e multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor. Isaías 40:29
Eu sou a videira, vós, as varas; quem está em mim, e eu nele, este dá muito fruto, porque sem mim nada podereis fazer. João 15:5
Quando eu disse: O meu pé vacila; a tua benignidade, Senhor, me susteve. Salmos 94:18  
Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que edificam; se o Senhor não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela.  Salmos 127:1
Porque quem sou eu, e quem é o meu povo, que tivéssemos poder para tão voluntariamente dar semelhantes coisas? Porque tudo vem de ti, e da tua mão to damos. 1 Crônicas 29:14

O feminismo diz “meu corpo, minhas regras”.
O Evangelho diz “seu corpo, Minhas regras”.
                                                                             
Acaso não sabem que o corpo de vocês é santuário do Espírito Santo que habita em vocês, que lhes foi dado por Deus, e que vocês não são de si mesmos? Vocês foram comprados por alto preço. Portanto, GLORIFIQUEM A DEUS COM O CORPO DE VOCÊS.
1 Coríntios 6:19- 20
PORVENTURA IGNORAIS QUE VOSSOS CORPOS SÃO MEMBROS DE CRISTO? Poderia eu fazer dos membros de Cristo, membros de uma prostituta?! De modo algum!”Porque já não sou eu quem vivo, é CRISTO QUE VIVE EM MIM.  Gálatas 2: 20
A mim tudo é permitido, mas nem tudo me convém. A mim tudo é permitido, mas não me deixarei dominar por coisa alguma. Os alimentos são para o estômago e o estômago para os alimentos. Mas Deus destruirá uns e outros. O CORPO, PORÉM, NÃO É PARA A PROSTITUIÇÃO, ELE É PARA O SENHOR, E O SENHOR É PARA O CORPO.
PORVENTURA IGNORAIS QUE VOSSOS CORPOS SÃO MEMBROS DE CRISTO? Poderia eu fazer dos membros de Cristo, membros de uma prostituta?! De modo algum! Não sabeis que aquele que se une a uma prostituta torna-se com ela um só corpo? Pois está escrito: ‘os dois serão uma só carne.’ Mas quem adere ao Senhor, torna-se com ele um só espírito.
Em geral, todo pecado que uma pessoa venha a cometer é exterior ao seu corpo. Mas quem pratica imoralidade sexual peca contra seu próprio corpo. ACASO IGNORAIS QUE VOSSO CORPO É TEMPLO DO ESPÍRITO SANTO QUE MORA EM VÓS E QUE RECEBESTES DE DEUS? IGNORAIS QUE NÃO PERTENCEIS A VÓS MESMOS? DE FATO, FOSTES COMPRADOS POR PREÇO MUITO ALTO! PORTANTO, GLORIFICAI A DEUS NO VOSSO PRÓPRIO CORPO.
1 Cor 6 : 12- 20

O feminismo diz que o homem é um rival da mulher.
O Evangelho diz que somos cooperadores.

Maridos, AMEM SUAS MULHERES, ASSIM COMO CRISTO AMOU A IGREJA E ENTREGOU-SE A SI MESMO POR ELA para santificá-la, tendo-a purificado pelo lavar da água mediante a palavra, e apresentá-la a si mesmo como igreja gloriosa, sem mancha nem ruga ou coisa semelhante, mas santa e inculpável. Da mesma forma, OS MARIDOS DEVEM AMAR AS SUAS MULHERES COMO A SEUS PRÓPRIOS CORPOS.  
Efésios 5:25-28    
  
Pois o marido descrente é santificado por meio da mulher, e a mulher descrente é santificada por meio do marido. Se assim não fosse, seus filhos seriam impuros, mas agora são santos. 1 Coríntios 7:14

O feminismo reivindica poder.
O Evangelho afirma que o poder pertence ao Senhor.

E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal, porque teu é o Reino, o poder e a glória para sempre. Amém'. Mateus 6:13
Vocês estão enganados! Pois não conhecem as Escrituras nem o poder de Deus! Marcos 12:24
Eu sou o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim, diz o Senhor, que é, e que era, e que há de vir, o Todo-Poderoso. Apocalipse 1:8
Ouvindo isso, levantaram juntos a voz a Deus, dizendo: "Ó Soberano, tu fizeste o céu, a terra, o mar e tudo o que neles há!” Atos 4:24

O feminismo desvaloriza a maternidade
O Evangelho compara o amor de mãe ao amor de Deus

Será que uma mãe pode esquecer-se do seu bebê que ainda mama e não ter compaixão do filho que gerou? Embora ela possa se esquecer, eu não me esquecerei de você! Isaías 49:15
Pela recordação que guardo de tua fé sem fingimento, a mesma que, primeiramente, habitou em tua avó Loide e em tua mãe Eunice, e estou certo de que também em ti.  2 Timóteo 1:5
Todavia, será preservada através de sua missão de mãe, se elas permanecerem em fé, amor e santificação, com bom senso. 1 Timóteo 2.15
Honra teu pai e tua mãe, a fim de que tenhas vida longa na terra que o Senhor teu Deus te dá.  Êxodo 20:12

O feminismo faz apologia ao assassinato de bebês
O Evangelho valoriza a vida desde a concepção

Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável... Meus ossos não estavam escondidos de ti quando em secreto fui formado e entretecido como nas profundezas da terra. Os teus olhos viram o meu embrião; todos os dias determinados para mim foram escritos no teu livro antes de qualquer deles existir.  Salmos 139: 14-16
Não matarás. Êxodo 20:13

O feminismo diz “lugar de mulher é onde ela quiser”
O Evangelho diz “lugar de mulher é aos pés da Cruz/Jesus”

Esta Maria, cujo irmão Lázaro estava enfermo, era a mesma que ungiu com bálsamo o Senhor e lhe enxugou os pés com os seus cabelos. João 11.2
Tinha ela uma irmã, chamada Maria, e esta quedava-se assentada aos pés do Senhor a ouvir-lhe os ensinamentos. Lucas 10.39 
Então, Maria, tomando uma libra de bálsamo de nardo puro, mui precioso, ungiu os pés de Jesus e os enxugou com os seus cabelos; e encheu-se toda a casa com o perfume do bálsamo. João 12.3 
Quando Maria chegou ao lugar onde estava Jesus, ao vê-lo, lançou-se-lhe aos pés, dizendo: Senhor, se estiveras aqui, meu irmão não teria morrido. João 11.32 
E junto à cruz de Jesus estava sua mãe, e a irmã de sua mãe, Maria mulher de Clopas, e Maria MadalenaJoão 19:25

Que o Senhor me conceda graça e sabedoria para escrever algo mais consistente sobre a relação entre feminismo e cristianismo, no entanto creio que essa breve exposição evidencia o antagonismo entre os dois.
Como cristã salva pela Graça e Misericórdia de Jesus, não é possível ser simpatizante de um movimento contrário ao Evangelho.
Se tenho em mim algum poder, é o poder do Espirito Santo atuando em minha vida para testemunhar da obra do Todo Poderoso.

Porque Dele, e por Ele, e para Ele, são todas as coisas; glória, pois, a Ele eternamente. Amém. Romanos 11:36







terça-feira, 29 de maio de 2018

A menina que doava livros



Era uma vez uma menina que amava livros.
Ela amava ler, e lia tudo que aparecia pela frente.
A menina lia não só livros, mas também revistas, panfletos, bula de remédio, manual de instruções, placas e faixas na rua.
Quando ia a algum lugar que tinha livros, ficava olhando, decorando o nome do livro e do autor, assim podia pesquisar depois.
Quando visitava alguém, sempre olhava a biblioteca para saber quais livros conhecia e principalmente quais livros ela ainda não conhecia.
Anotava o que não conhecia para ler depois.
Ela frequentava a biblioteca da escola e também a biblioteca da cidade.
Sempre anotava os livros que queria ler.
A menina achava que um dia conseguiria ler todos os livros que queria.
As anotações se tornaram bemmmm grandes, então parou de anotar.
O tempo foi passando e a lista dos livros que queria ler cresceu tanto que ela não conseguia mais imaginar como leria tudo.
Ela entrava na biblioteca e pensava "será que um dia vou ter uma biblioteca assim?”.
Ela queria ter muitos livros. Seu sonho era ter uma imensa biblioteca particular.
Conforme foi crescendo, percebeu que nem todos amavam a leitura como ela, havia pessoas que não liam e não tinham livros.
Também descobriu que havia pessoas que queriam ler, mas não tinham livros e não conheciam os livros como ela conhecia.
Foi então que teve uma ideia: 
"Se eu der meus livros antigos, aqueles já li para pessoas que não tem?"
Ela percebeu que tinha livros guardados que só ocupam espaço.
Ela sabia que aqueles livros não seriam mais lidos e não teriam utilidade na estante.
Aos poucos, ela começou a doar alguns livros.
Primeiro, oferecia para suas amigas da escola e do bairro.
"Maria você gostaria de ler esse livro? Eu já li, é muito legal, você vai gostar."
E assim, a menina começou, primeiro com os amigos mais próximos.
Depois, aproveitava toda conversa com as pessoas para falar sobre livros e assim que tinha oportunidade, ela falava:
"Você já leu esse livro? É muito legal, eu já li, acho que você vai gostar”.
Toda conversa, terminava em livros, e quase todo papo sobre livros terminava em doação.
Nem todos aceitavam seus livros. Que pena!
A menina cresceu, seu amor por livros também.
Só a sua biblioteca que não crescia.
Ela nunca chegou perto de ter uma grande biblioteca como imaginou quando era pequena.
Ela sempre comprava e ganhava livros, mas os livros depois de um tempo sempre iam embora.
Ela dizia: “Não é justo eu ter um monte de livros e ter gente que não tem.”
Todos que a conheciam já sabiam de cor.
"Livros foram feitos para serem lidos!"
Ela não entendia a razão de pessoas usarem livros como decoração, só de enfeite.
Quando alguém que ela conhecia se mostrava interessado em algum livro, corria para sua biblioteca ver se tinha para doar.
Ela doava livros usados e novos, para amigos, conhecidos e também estranhos.
O importante era fazer com que os livros fossem lidos, isto é, cumprissem seu propósito.
Ela amava tanto os livros que queria que todos também tivessem.
Ao contrário de gente que diz que não doa porque ama.
"Ora, o amor não é doador?"
Ela acreditava que as Letras transformam e a Palavra liberta.
A leitura sempre será a cura para muitos males.
A menina passou o resto de sua vida doando livros.

quinta-feira, 24 de maio de 2018

Traição, injustiça e reparação



O que é pior, a traição ou a injustiça?
E quando as duas vêm juntas? 
Traição e injustiça ao mesmo tempo parecem insuportáveis. Nesse caso, você não terá que "apenas" perdoar, terá que administrar a sede por justiça/vingança que essa dor traz.
O sonho de todo injustiçado é ter uma reparação. Ver o mal que lhe fizeram sendo reconhecido, o algoz arrependido e se responsabilizando por seus erros.
O problema é que nem sempre o mal é reconhecido, nem sempre o algoz se arrepende, nem sempre o mal é reparado.
Se a falta de perdão é uma prisão, a espera por reparação é outra.
Às vezes você recebe um pedido de perdão no estilo politicamente correto; a pessoa pede perdão por protocolo sem de fato se arrepender. O arrependimento genuíno procura reparação, pois quem de fato tem consciência do mal não se conforma com a injustiça.
E quando não vem, você faz o que? Espera? Procura justiça pelas próprias mãos (vingança)? Lembre se que não temos controle algum sobre outra pessoa, não importa o que faça.
Você pode chorar, você pode tornar público o mal recebido (em tempos de redes sociais), jogar na cara tudo o que o outro lhe fez e ainda sim, não ter o arrependimento verdadeiro e a reparação. Então além de perdoar é preciso, descansar em Deus.
Não pedir, nem esperar por uma justiça que pode nunca chegar (aos seus olhos).
Deixe a injustiça para O Justo Juiz.
Ele saberá reparar o mal, no momento certo e da maneira certa. Só ele, conhecer do passado, presente e futuro pode fazer justiça verdadeiramente justa.
Quando você reconhece quem é o Supremo Juiz, consegue sair da prisão da espera por reparação que gera raiz de amargura.
De agora em diante, aquele que lhe causou mal, não te deve mais nada.  Não é mais com você, é com o Senhor.
Pois cada um prestará contas de si mesmo, de suas palavras e ações no Tribunal do Senhor. (Romanos 14:12)
Confiar no Justo ainda é o melhor remédio para as injustiças do mundo.

domingo, 20 de maio de 2018

Ora et Labora



Não devo ter pressa.
Não devo ter pressa para expressar-me em público.
Na solitude há maturação.
Não devo ter pressa.
O silêncio é  casulo da obra.
Sossegas Vaidade!
Vá dormir,
Que tua hora é tardia.
Não devo ter pressa.
A eternidade me aguarda.
Por (h)ora...
Ora et labora.

domingo, 13 de maio de 2018

Cura das feridas





Um coração ferido, atingido pela flecha da desumanidade tem duas estradas a seguir.
Caminhar com a flecha cravada no peito, com mágoas e ressentimentos. Isso certamente o impede de abraçar outra pessoa. Mesmo que queira, pois a flecha entre os corpos não permite tal aproximação, um abraço pode machucá-lo ainda mais e também machucar o outro. 
A segunda estrada é a da transformação. Arrancar a flecha, chorar e sangrar por um tempo. Seguir a vida e quando encontrar alguém no caminho... abraçar. 
Então no abraço, um coração tocará o outro, estancando a ferida.

A cura das feridas da alma se dá no encontro dos corações.

Ausência: a falta que nos move



A ausência nos diz o que é importante na vida.
Tem coisas que a gente só lembra quando falta.
A saúde é uma delas.
A saudade também só existe porque falta.
Falta algo ou alguém que gostamos.
Escravidão é falta de liberdade.
O pecado é uma forma de escravidão.
Toda falta produz um algo. 
A falta de amor produz carência afetiva
A falta de dinheiro produz carências materiais.
A falta de consciência produz irresponsabilidades.
Toda falta produz uma ausência.
A ausência é a falta que nos move.
O que é que te falta?
Qual é a sua ausência?
Qual é a sua busca/O que te move?

quinta-feira, 10 de maio de 2018

Sou empoderada #GirlPowerbyJesus



Sou uma mulher empoderada.
E sou submissa.
Quanto mais me submeto, mais poder eu ganho.
Meu poder não vem de militância alguma.
Sou empoderada pela Trindade.
O Evangelho é poder de Deus para aquele que Nele crê.
É o Evangelho que me concede poder para sobreviver em meio a trevas enquanto meu Redentor não volta.
É o Espírito Santo que me empodera no meio do caos, me dando forças para continuar quando as minhas próprias forças se esgotaram.
O poder que vem do Senhor Jesus me dá consolo enquanto caminho pelo vale da sombra e da morte.
O poder concedido pelo Pai me ajuda a atravessar as tempestades.
A Palavra me empodera para que eu consiga transmitir sua mensagem sem fazer uso de clichês humanistas.
Tudo posso Naquele que me empodera!

"No dia em que te invoquei, tu me respondeste, concedendo-me força e coragem."

(Salmos, 138:3)

quinta-feira, 26 de abril de 2018

Confissão





Quando você peca contra outra pessoa, fere alguém, você precisa restituir a dignidade que o seu pecado roubou dessa pessoa. Não seja hipócrita  pedindo um perdão superficial/generalista, do tipo "Ah me desculpa!", isso é coisa de gente que só quer cumprir o protocolo, do tipo "Eu pedi perdão, fiz minha parte". Verbalize de forma clara e pontual seus erros, identificando onde/como errou, mostrando que realmente está consciente que do mal que causou. "Me perdoe por isso e por aquilo, que causou aquilo outro."
O silencio do agressor prolonga a dor do agredido, salvo raras exceções. 
A confissão sincera é uma forma de forjar o teu caráter, te lapidar espiritualmente e salvar relacionamentos (ainda que não continue da mesma forma). E a oração agressor/agredido traz cura para ambas as partes.
Quando você desabafa, abre seu coração. confessa seus erros, há uma liberação de sentimentos ruins, de culpa, auto engano, auto condenação e possivelmente vem a sensação de alivio (segredos/erros não confessados pesam). Pra fechar; a oração é a forma de pedir perdão a Deus e ao próximo por nossos erros e seguir em frente mais consciente do mal que causamos aos outros e a si próprio.
A Palavra cura.
A Palavra liberta.

"Confessai os vossos pecados uns aos outros, e orai uns pelos outros para serdes curados."

Diga-me: quem admiras?


Há um ditado que diz "diga-me com quem andas e te direi quem és".
Não concordo com esse ditado, afinal Jesus andava com Judas.
"Diga-me quem admiras e te direi quem és", seria melhor.
Quem você admira, quem você defende diz muito mais...

As pessoas que você admira, de certa forma evidencia seus valores e crenças.
Faça uma lista das pessoas que você admira e questione bem...
Será que nessa lista há algum mentiroso, corrupto, ladrão, assassino, genocida..?!
Que qualidades tem essa pessoa que você admira? Quais são as suas realizações? Tem inimigos? Por quais motivos?
Às vezes é preciso fazer um inventário de nossos "ídolos" para perceber que estamos cultuando o mal.



segunda-feira, 16 de abril de 2018

Não houve reparação



Você me bloqueou
Me deletou da sua vida
Eu não sei como conseguiu
E todos aqueles discursos sobre as relações líquidas?
"Suas ideias não correspondem aos fatos"

Fui descartada
Nunca vou compreender
Éramos irmãs
Como amigas de infância
Como pôde me desprezar?
Como pôde me excluir?!
Foi difícil aceitar
Doeu
Não houve reparação

Agora estou conformada
Mais leve
Sem o peso da mágoa
E da rejeição
Sei que marquei sua vida
E se lembrará de mim
Tínhamos uma história a ser construída
Mas não houve reparação.

Você foi embora
Antes do recomeço
Você se lembrará de mim
Quando pensar em como conheceu a "selva de pedra"
Quando visitar o Parque
Quando andar pela Paulista
Você se lembrará de mim...
Todas as vezes que ouvir/ver algo sobre "Os Miseráveis"
E quando visitar os lugares que eu te mostrei

O tamanho da decepção, da frustração e da dor é proporcional ao investimento emocional.

Você se lembrará de mim
E eu...
Eu não quero mais me lembrar de você.


domingo, 15 de abril de 2018

Funeral




Acordei
Meio sonâmbula
Ainda absorta pela cerimônia
Foi morte morrida.

Eu te matei

Matei o que já estava morto.
Não sei vivenciar o luto
Meu processo é deveras longo
As cinco etapas são como cinco séculos

Eu te matei

Enterrei
Fiz cerimônia fúnebre
Teve até um memorial
Você sabe
Aqueles vídeos com lembranças
Suas imagens em "slow motion"

Recordei todos os momentos
pelos quais nossa história não deveria ter existido
Anotei todos os motivos
pelos quais eu nunca deveria ter te conhecido
Revivi todas as dores
pelas quais nunca entendi
Repassei todos os porquês
 pelos quais eu agora desisti.

Eu despertei
Eu te matei
Definitivamente